Chacina de Unaí: relembre o crime retratado no Linha Direta – País

O programa Linha Direta desta quinta-feira (6) relembrou o assassinato de quatro funcionários do Ministério do Trabalho, vítimas de uma emboscada quando estavam a caminho de uma fiscalização em propriedades rurais na cidade de Unaí, em Minas Gerais. O crime, cometido em janeiro de 2004, ficou conhecido como a Chacina de Unaí

As vítimas foram os auditores fiscais Erastóstenes de Almeida Gonçalves, João Batista Soares e Nelson José da Silva, e o motorista Ailton Pereira de Oliveira. O grupo iria ao local apurar denúncias de trabalho análogo à escravidão contra fazendeiros da região.

Segundo informações do g1, foram condenados pelo crime os irmãos Antério Mânica, que é ex-prefeito da Cidade, e Norberto Mânica. Antério foi condenado a 89 anos de prisão e está preso em Unaí. Norberto segue foragido.

Também foram condenados por participação nos assassinatos Hugo Alves Pimenta, José Alberto de Castro, Rogério Alan Rocha, Erinaldo Silva e William Gomes de Miranda. 

Dia do Auditor Fiscal do Trabalho

Devido à Chacina de Unaí, o Ministério do Trabalho estabeleceu 28 de janeiro como Dia do Auditor Fiscal do Trabalho e Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo.

O Brasil ocupa o 11º lugar no ranking mundial de trabalho escravo, com mais de 1 milhão de pessoas vivendo em um cenário análogo à escravidão. Os dados são do relatório Índice Global de Escravidão 2023, elaborado pela ONG Walk Free.

Fonte da matéria

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais populares

Categorias

Redes Sociais

Clima de Unaí
Unaí, BR
11:18, 24/06/2024
temperature icon 28°C
céu limpo