Justiça determina prisão imediata de irmãos Mânica condenados pela “Chacina de Unaí”

O Tribunal Regional Federal da 6ª Região, em Belo
Horizonte, determinou nesta quarta-feira (13), a prisão imediata dos
fazendeiros Antério e Norberto Mânica. Os irmãos foram condenados pela chacina
de auditores do trabalho em Unaí, ocorrida em 2004.

 

No caso que ficou conhecido como Chacina de Unaí,
quatro fiscais do Ministério do Trabalho foram mortos em uma emboscada, na zona
rural de Unaí, quando fiscalizam denúncias de trabalho análogo à escravidão, em
28 de janeiro de 2004.

 

Norberto e Antério Mânica estavam em liberdade,
porque recorreram da condenação de primeira instância e aguardavam o julgamento
dos recursos.

 

Nesta quarta-feira (13), o Tribunal Regional
Federal da 6ª Região, em Belo Horizonte, atendeu ao pedido do Ministério
Público Federal e determinou o cumprimento imediato das penas dos dois
condenados.

 

Os irmãos, Norberto e Antério Mânica, acusados de
serem os mandantes do crime, foram condenados a mais de 50 anos de prisão por
quádruplo homicídio, triplamente qualificado por motivo torpe, mediante
pagamento de recompensa em dinheiro e sem possibilidade de defesa das vítimas.

Fonte da matéria

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais populares

Categorias

Redes Sociais

Clima de Unaí
Unaí, BR
15:41, 28/02/2024
temperature icon 31°C
nublado