O que aconteceu na Chacina de Unaí, tema do Linha Direta


Local onde chacina aconteceu (Foto: Agência Brasil)

A chocante Chacina de Unaí, em Minas Gerais, é o tema do Linha Direta desta quinta-feira (6). O programa irá reproduzir o assassinato brutal de quatro funcionários do Ministério do Trabalho que estavam a caminho de uma fiscalização após denúncias de trabalho escravo na região. Eratóstenes de Almeida Gonsalves, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva, auditores do órgão, e Aílton Pereira de Oliveira, o motorista da equipe, foram as vítimas.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

De acordo com as investigações, fazendeiros de Minas Gerais estariam por trás da chacina que aconteceu no dia 28 de janeiro de 2004. Os mandantes estariam em busca de silenciar as possíveis descobertas dos auditores que poderiam encontrar trabalhadores rurais em péssimas e degradantes condições de trabalho. Além dos proprietários rurais, um ex-prefeito de Unaí também foi julgado por envolvimento no caso.

Quem são os assassinos e mandantes da Chacina de Unaí

De acordo com a investigação do Ministério Público Federal (MPF), os quatro auditores foram assassinados por dois pistoleiros da região, Rogério Alan Rocha Rios e Erinaldo de Vasconcelos Silva. Ambos foram condenados pelo crime. Como mandantes do crime, dois irmãos foram apontados: Antério e Norberto Mânica. Ambos eram proprietários de grandes fazendas na região e um deles – Antério -, era prefeito de Unaí na época.

Continua depois da publicidade

O ex-prefeito e mandante da chacina foi condenado apenas em 2022, ou seja, depois de 18 anos do crime brutal. Antério Mânica foi condenado a 64 anos de prisão, inicialmente em regime fechado, porém somente entregou-se à polícia em setembro do ano passado. O irmão dele, Norberto, segue foragido.

Além dos dois irmãos, um grupo de pessoas envolvidas com o esquema de exploração de trabalho no país também tiveram participação. Hugo Alves Pimenta, José Alberto de Castro, Rogério Alan Rocha, Erinaldo Silva e William Gomes de Miranda foram condenados por participação nos assassinatos. Hugo Pimenta só foi preso em fevereiro deste ano, no Mato Grosso do Sul. Ele estava com um passaporte falso.

Como será o episódio sobre o crime

De acordo com informações da assessoria de imprensa da TV Globo, o episódio do Linha Direta irá focar em reconstruir a dinâmica de investigação do caso. Sob o comando de Pedro Bial, o programa busca aprofundar as investigações do crime misturando em sua narrativa reportagens, entrevistas e simulações de casos com atores e recriação de cenários. O episódio ainda conta com depoimentos das viúvas das vítimas e da diretora do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho, Rosa Maria Campos Jorge.

Continua depois da publicidade

O Linha Direta tem direção artística de Gian Carlo Bellotti, direção geral de Dudu Levy e Fellipe Awi e direção de gênero de Mariano Boni. A redação final é de Pedro Bial e a produção é de Nathalia Pinha e Anelise Franco. O programa é exibido às quintas-feiras, após “Os Outros”.

Leia também

Linha Direta 2024: horário, apresentador e tudo sobre o programa

Como assistir ao Linha Direta online?

Fonte da matéria

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais populares

Categorias

Redes Sociais

Clima de Unaí
Unaí, BR
08:59, 24/06/2024
temperature icon 23°C
algumas nuvens