quais foram os casos da temporada de 2024

Ao longo de 17 anos, o programa Linha Direta fez parte da grade da TV Globo, com a proposta de apresentar todos os desdobramentos de um crime real que tenha tido grande repercussão na mídia, além de realizar uma dramatização dos acontecimentos com base nos depoimentos.

Apesar do sucesso, o programa chegou ao fim em 2007, mas foi revitalizado em 2023 sob o comando do apresentador e jornalista Pedro Bial. Em seu retorno, o Linha Direta contou com novos 10 episódios, abordando casos marcantes como a morte de Henry Borel.

E após o sucesso da nova versão, o programa apresentou sua 2ª temporada em abril de 2024, trazendo ainda mais ocorrências que chocaram o Brasil, que incluem casos de abuso sexual, crimes passionais e até mesmo o massacre de famílias inteiras. Confira alguns dos que já foram abordados até agora:

Uma menina de apenas 10 anos foi encontrada morta após a formatura de sua irmã. O corpo de Beatriz foi achado em um depósito do colégio, assassinada por Marcelo da Silva.

Um líder religioso da Bahia, que se autointitulava como uma espécie de “Messias” ou “líder espiritual”, foi acusado de abusar sexualmente de diversas mulheres.

Em 2020, foi realizada a chacina de uma família inteira no ABC Paulista a mando da filha mais velha. A intenção era apenas de roubá-los, mas com o plano mau sucedido, a morte foi a opção.

Andréa Rosa de Lorena foi assassinada em 2007. E o ato foi realizado por sua própria mãe, para que ela conseguisse ficar com a guarda do neto.

Camilla Peixoto Bandeira foi encontrada morta na embarcação em que trabalhava, em janeiro de 2010. Posteriormente, foi descoberto que seu ex-companheiro foi o responsável pelo crime.

A líder quilombola conhecida como Mãe Bernadete acabou morrendo após ter o seu terreiro invadido por bandidos enquanto estava na companhia dos netos.

Em busca de uma nova oportunidade de trabalho, o ator Jeff Machado acabou confiando em uma falsa proposta que levou à sua morte.

“Chacina de Unaí”: o próximo caso do Linha Direta

Nesta semana, o Linha Direta vai abordar um caso de macabro que levou à morte de quatro pessoas na zona rural de Unaí, em Minas Gerais que aconteceu em janeiro de 2004. Conhecido como a “chacina de Unaí”, o caso investiga o assassinato de quatro fiscais do trabalho que apuravam denúncias no local.

Erastóstenes de Almeida Gonçalves, João Batista Soares e Nelson José da Silva e o motorista Ailton Pereira de Oliveira apuravam denúncias de trabalho análogo à escravidão em fazendas locais, até que acabaram sendo emboscados e mortos. Até hoje, ainda há dois suspeitos foragidos.

O Linha Direta vai ao ar às quintas-feiras, geralmente na faixa das 23h, após a exibição da série Os Outros. Caso não seja possível acompanhar os episódios através da programação, também é possível assistir ao programa posteriormente pelo Globoplay, que é a plataforma de streaming oficial da emissora.

Fonte da matéria

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais populares

Categorias

Redes Sociais

Clima de Unaí
Unaí, BR
09:41, 24/06/2024
temperature icon 25°C
céu limpo